Uruguai é finalista da Copa América 2011

Depois de eliminar a Argentina na semifinal e herdar o título de favorito, o Uruguai espantou a zebra e derrotou, nesta terça-feira(19/07), o Peru por 2 a 0 e garantiu sua vaga na decisão da Copa América. Luis Suárez, autor dos dois gols da partida, foi o grande nome da seleção terceira colocada na Copa do Mundo da FIFA África do Sul 2010.O adversário da Celeste Olímpica na grande final sairá do confronto entre Paraguai e Venezuela, marcado para esta quarta-feira. O Uruguai buscará o oitavo título no torneio continental – o último foi em 1995, sobre o Brasil, nos pênaltis.

O jogo – Principal candidato ao título da competição depois das eliminações de Brasil e Argentina, o Uruguai partiu para cima do Peru desde o início da partida. Logo aos sete minutos de partida, o atacante Luis Suárez pegou uma rebatida de primeira e quase abriu o placar no Estádio Ciudad de La Plata. Apesar da postura defensiva do oponente, a Celeste Olímpica voltou a ameaçar oito minutos depois. Álvaro Pereira teve duas chances de arremate, mas parou no goleiro andino Fernández. Recuada em seu campo, a seleção peruana – que eliminou a Colômbia nas quartas de final – criou sua principal oportunidade na marca dos 23 minutos. Após cruzamento rasteiro de Vargas, Guerrero e Advíncula tentaram empurrar para as redes, de carrinho, mas nenhum conseguiu atingir a bola.

Após o susto, os uruguaios retomaram o domínio do duelo e buscaram o gol utilizando o que têm de melhor: a jogada aérea. E foi através de um levantamento na área que o time de Oscar Tabárez furou a meta do Peru. Após confusão, Alvaro Pereira desviou para o gol, mas, em posição de impedimento, não pôde festejar.A superioridade do Uruguai se manteve na segunda etapa e o gol não demorou a sair. Diego Forlán, que não marca há 11 partidas com a camisa Celeste, levou a bola para o meio e chutou forte de longa distância. O goleiro peruano deu rebote, Suárez acreditou no lance e chegou a tempo de completar para o fundo da rede peruana.
O gol desestabilizou o Peru e motivou os uruguaios. Cinco minutos depois de abrir o placar, o mesmo Suárez recebeu lançamento e, livre de marcação, driblou o arqueiro rival para marcar e deixar o Uruguai com a mão na vaga.Até o apito final, o confronto teve alguns entreveros entre as seleções e algumas jogadas ríspidas. Em uma delas, o peruano Vargas desferiu uma cotovelada no zagueiro Coates e fui expulso de campo. Além disso, os peruanos tentaram, na base da garra, descontar nos últimos minutos, porém pararam no goleiro Muslera, herói na disputa por pênaltis das quartas de final.

Fonte: FIFA.com – Fotos: Olé

Deixe uma resposta