Santa Cruz perde de virada para Guarani(J)

O Santa Cruz do Recife perdeu a oportunidade de garantir sua classificação às oitavas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série D. Na tarde deste domingo, o time Coral foi derrotado pelo Guarani de Juazeiro, por 2 a 1, de virada, no Estádio Almeidão, em João Pessoa, pela nona rodada do Grupo 3. Thiago Cunha colocou o time pernambucano em vantagem, mas Tobias e Cristovão fizeram para os cearenses.Dessa maneira, o Guarani voltou a entrar na luta pela classificação às oitavas-de-final. Com 11 pontos, o time cearense ocupa a terceira colocação. Por outro lado, o Santa Cruz é o segundo colocado, com 12 pontos, pois foi ultrapassado pelo seu xará potiguar, que venceu o Porto-PE, por 2 a 1, e chegou aos 13 pontos. O Santa Cruz demorou somente um minuto para ficar em vantagem no placar. Ricardinho fez o cruzamento para dentro da área e Thiago Cunha desvia de cabeça para vencer o goleiro Valdo e abrir o placar: 1 a 0. O gol deixou o time pernambucano mais tranquilo no jogo em quase chegou ao segundo aos 15. Thiago Cunha fez o cruzamento e o zagueiro Diego quase marcou gol contra na tentativa de fazer o corte. Após isso, o Guarani melhorou em campo e partiu atrás do empate, deixando ao Santa Cruz a opção do contra-ataque. Aos 22, Cristóvão avançou em velocidade pelo lado esquerda e chutou com força, mas a bola foi pela linha de fundo.

 O empate do time cearense virou realidade aos 40. A defesa do Santa Cruz se atrapalhou depois do escanteio e Tobias empurrou para o gol: 1 a 1. O empate deu novo ânimo ao Guarani, que ainda teve chance de virar o placar ainda no final da primeira etapa. Aos 41, Jean chutou de fora da área e a bola acertou a trave do gol de Thiago Cardoso. Quatro minutos depois, Paulo Roberto arriscou o chute, mas a bola passou por cima do gol pernambucano e assustou os torcedores presentes. O Santa Cruz voltou nervoso do intervalo e pagou um alto preço por isso. Logo aos cinco minutos, o atacante Thiago Cunha discutiu com o árbitro paulista Cléber Wellington Abade e foi expulso de campo. Com um jogador a menos, ficou complicado para o time pernambucano administrar o resultado e o final foi trágico. Antes, porém, o Santa até que tentou. Aos 24, Jefferson Maranhão chutou forte e o goleiro Valdo fez boa defesa para salvar o Guarani. Após isso, a pressão foi cearense. Aos 33, Cristóvão chutou com força de dentro da área e Thiago Cardoso fez a defesa. Mas aos 42, o jogador do Guarani não perdoou. Cristóvão cobrou falta com força e venceu Cardoso.

Próximos Jogos
Na última rodada da primeira fase, os dois times voltam a campo no próximo domingo, às 16 horas. O Guarani encara o Santa Cruz-RN, fora de casa, em Goianinha. Já o Santa Cruz recebe o Alecrim-RN, no Estádio do Arruda, em Recife.

Fonte: pe.superesportes.com.br

Deixe uma resposta