Você está aqui
Home > Copa 2014 > Mali assume liderança, Congo empata com Gana e tem dança de Kidiaba

Mali assume liderança, Congo empata com Gana e tem dança de Kidiaba

Após três empates, enfim uma seleção conseguiu sair vitoriosa em um confronto pela Copa Africana de Nações. E foi Mali, que derrotou Níger por 1 a 0 e aproveitou para assumir a liderança do grupo B da competição, beneficiada pelo empate em 2 a 2 no outro confronto da chave, entre Gana e República Democrática do Congo.
Assim como nas partidas anteriores, tudo caminhava para mais um empate, mas a vitória de Mali acabou sendo decretada aos 39 minutos do segundo tempo, quando Seydou Keita – ex-jogador do Barcelona e hoje na China – mandou para as redes. Não havia mais tempo de reação para Níger, que amarga assim a lanterna do grupo.
Também no estádio Nelson Mandela Bay, na cidade sul-africana de Port Elizabeth, Gana, dona de quatro títulos da Copa Africana de Nações, perdeu enorme chance de se juntar a Mali na ponta do grupo. A seleção do técnico Akwasi Appiah chegou a abrir vantagem de dois gols, mas não segurou a pressão e cedeu o empate à República Democrática do Congo. A seleção ganesa abriu o placar aos 40 minutos do primeiro tempo, com Agyemang-Badu. Já aos quatro da etapa final, Asamoah, da Juventus, ampliou a vantagem e deixou a situação teoricamente mais fácil.
No entanto, a República Democrática do Congo encontrou forças para reagir. Aos nove, Mabi recebeu na esquerda da área e bateu cruzado, rasteiro, para descontar e festejar dançando perto da linha lateral. Aos 24, a seleção dirigida pelo técnico francês Claude Le Roy conseguiu o empate, já que o árbitro assinalou um pênalti ao ver um puxão de camisa na área. Mbokani fez a batida e empatou o confronto.
Vale lembrar que o campeão do torneio africano conquistará uma vaga para a próxima Copa das Confederações da FIFA, que será realizada no Brasil.

Dona de quatro títulos da Copa Africana de Nações, Gana ficou só no empate em sua estreia na edição deste ano. Depois de ter conseguido abrir dois gols de vantagem, neste domingo, a seleção do técnico Akwasi Appiah cedeu o placar por 2 a 2 à República Democrática do Congo, que tem como destaque o goleiro Kidiaba.
A seleção ganesa abriu o placar aos 40 minutos do primeiro tempo, quando Agyemang-Badu mandou para as redes. Já aos quatro da etapa final, Asamoah ampliou a vantagem e deixou a situação teoricamente mais fácil.No entanto, a República Democrática do Congo encontrou forças para reagir. Aos nove, Mabi recebeu na esquerda da área e bateu cruzado, rasteiro, para descontar e festejar dançando perto da linha lateral.
Aos 24, a seleção dirigida pelo técnico francês Claude Le Roy conseguiu o empate, já que o árbitro assinalou um pênalti ao ver um puxão de camisa na área. Mbokani fez a batida e empatou o confronto, enquanto Kidiaba fez sua comemoração característica, dando pequenos pulos sentado no gramado.

O goleiro ficou famoso para o torcedor brasileiro na partida em que o Internacional foi eliminado pelo Mazembe, na semifinal do Mundial de Clubes de 2010. Naquele confronto, o jogador exibiu sua famosa comemoração.

 Como esta edição da Copa de Nações é sediada na África do Sul, a partida deste domingo foi disputada na cidade de Port Elizabeth, no estádio Nelson Mandela Bay, justamente onde a Seleção Brasileira foi eliminada na Copa do Mundo de 2010, diante da Holanda. O campeão do torneio africano conquistará uma vaga para a próxima Copa das Confederações, que será realizada no Brasil.

Fonte: FIFA.com
Edição: Ramon Paixão – editor chefe do Jornal Escanteio

Deixe uma resposta

Top