AR FUTEBOL & CIA Jornalista, radialista

CLÁSSICO – O clássico primeiro no Estádio Governador Plácido,
aquele que inaugurou a “principal praça de esporte do Estado’,
como se dizia antigamente, foi vexame. Um feio 0 x 0 (zero a zero)
deixando as duas torcidas desoladas.
CLÁSSICO II – O tempo passou e a roda do mundo continua
girando como sempre e agora no último clássico do “velho”
Castelão, jogo oficial, entre Fortaleza e Ceará. Historicamente na
primeira fase do Castelão – s é que podemos chamar assim – o
Fortaleza leva vantagem diante do seu adversário. No primeiro e
último jogo entre ambos, 2 jogos, um empate de uma vitória do
“Leão”.
O LEÃO DO PICI – Quando eu criei a expressão “Leão do Pici” em
1067, no programa “Roteiro Esportivo” do qual era redator e Paulino
Rocha o apresentador titular (o outro da dupla poderia ser qualquer
um do horário e da equipe esportiva) eu, Vicente Alencar, fiz a
divisão do noticiário da seguinte maneira: O Noticiário do Leão do
Pici, o Noticiário da Alvinegrada e o Noticiário do Ferrim. Depois foi
que surgiu o “Tubarão da Barra”.
NA GAZETA – Conto esta história para evitar historietas que não
têm nada a ver com nada. Por sinal quando lancei o “Leão do Pici”
o fiz também nas páginas da Gazeta de Notícias, pois era seu
redator e tinha como editor, o jornalista Wildo Celestino de Oliveira
e como secretário de redação, o jornalista J. Arabá Matos, por sinal,
ambos tricolores.
CLUBE DA GAROTADA – Em se tratando de “slogan” é bom
lembrar que o Fortaleza Esporte Clube sempre foi pródigo em
receber elogios e destaque. “Clube da Garotada” foi uma expressão
criada pelo jornalista José Raimundo Costa, durante muitos anos
vice-presidente de O POVO. Ele escrevia artigos com o
pseudônimo de JORACOS.
CLUBE DA GAROTADA – Como o Fortaleza venceu muitos
campeonatos em toda a sua existência e quando iniciado o hábito
de utilização de camisas – ainda sem o apelo das estações de TV –
muitos garotos vestiam o manto tricolor e José Raimundo Costa
resolveu cunhar a frase que ficou para sempre.
12 CLUBES – Muita gente não acompanha o Campeonato
Cearense da segunda divisão e por isso mesmo não sabe nem
mesmo o número de clubes participantes. Na verdade são 12 (uma
dúzia) neste ano de 2011.
SEUS NOMES – É bom lembrar seus nomes completos:
Associação Desportiva Arsenal, de Caridade, fundado em
17.05.2007. Associação Desportiva São Benedito, de São Benedito,
fundado em 20.01.2005. Associação Desportiva Tauá, de Tauá,
fundada em 16 de abril de 2007 (uma das aniversariantes do mês).
SEUS NOMES II – Associação Trairiense de Futebol, de Trairi,
fundada em 04 de abril de 2004, Associação dos Desportistas de
Pacatuba, de Pacatuba, fundada em 15.03.2006. Este clube é o
que possui o nome diferente entre todos os outros, pois não registra
futebol, esporte ou atlético e sim dos Desportistas.
OS DEMAIS – Boa Viagem Esporte Clube, de Boa Viagem, fundado
em 22.12.1999. Caucaia Esporte Clube, de Caucaia, fundado em
16 de abril de 2004 (um dos aniversariantes do mês), Crateus
Esporte Clube, fundado em 16.02.2001, Juazeiro Empreendimentos
Esportivos, (clube empresa de Juazeiro do Norte), fundado em
12.10.1998, Maracanã Futebol Clube, de Maracanaú, fundado em
31.01.2005, Maranguape Futebol Clube, fundado em 17.11.1997
(não confundir com o antigo Maranguape Clube do século passado)
e Uniclinic Atlético Clube, bairro de Lagoa Redonda, em Fortaleza,
fundado em 07.03.1997.
PRIMEIRO CAMPEONATO – O primeiro campeonato cearense de
futebol foi dispitado em 1920, organizado pela Associação
Desportiva Cearense criada por Alcides Santos, tricolor. Fortaleza,
Ceará Sporting, Guarany, de Fortaleza (extinto) e Bangu, de
Fortaleza (extinto) disputaram o certame conquistado pelo tricolor.
LATERAL CANHOTO – Uma particularidade no certame de 1920:
O futuro professor, prefeito de Fortaleza e secretário de Cultura do
Estado, intelectual Raimundo Girão, que pertenceu ao Instituto do
Ceará e a Academia Cearense de Letras, jogou pelo Guarany, de
Fortaleza, sendo seu lateral esquerdo.
JORNAL DOS ESPORTES – Nós estamos na internet com vocês.
A Rádio Web Parreão no horário das 7 às 8 da manhã leva aos
cinco continentes e aos países da língua portuguesa o Jornal dos
Esportes. Contamos com Ramon Paixão, Sergio Bonfim, Sílvio dos
Santos, Fernando Alencar, Izete de Alencar, Celina Freitas, Angelo
Barreto e Kerginaldo Alencar entre outros, na nossa equipe.

Deixe uma resposta