Galo reage heroicamente no México, fica perto da vaga; Boca Juniors empata em casa

Na base da raça e com um gol nos instantes finais da partida, o Atlético protagonizou uma reação heroica na noite desta quinta-feira, no estádio Caliente, em Tijuana, no México.Depois de sair em desvantagem de dois gols, o Galo mostrou porque tem a melhor campanha da competição e empatou por 2 a 2 com o Tijuana, no jogo de ida das quartas de final da Copa Bridgestone Libertadores.
Os gols alvinegros foram de Diego Tardelli e Luan, com Riascos e Martinez marcando para a equipe mexicana.A partida de volta acontecerá na próxima quinta-feira, às 22h, na Arena
Independência.Antes, domingo, o Galo estreia no Campeonato Brasileiro enfrentando o Coritiba, no Couto Pereira, em Curitiba.
O Atlético teve a primeira oportunidade no lançamento de Ronaldinho para Bernard, que foi travado no momento em que tentava a finalização. No ataque seguinte, Bernard foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou, mas a bola atravessou a grande área.Aos 13 minutos, Victor fez grande defesa no chute de Moreno. O Galo tentou novamente com Bernard pela esquerda e Jô foi travado pelo zagueiro.
Aos 25, depois de boa trama entre Ronaldinho, Jô e Bernard, Marcos Rocha finalizou para a defesa do goleiro Salcedo.O Tijuana abriu o placar aos 31 minutos com Riascos. O Atlético tentou buscar a reação ainda na etapa inicial, que terminou mesmo com a vantagem parcial da equipe mexicana.
O Galo retornou do intervalo com Luan no lugar de Bernard e sofreu o segundo gol aos sete minutos. Tardelli tentou o empate logo em seguida, mas parou na defesa de Saucedo.
Aos 20 minutos, Ronaldinho cobrou escanteio pela direita e Tardelli diminuiu para o Atlético. Cinco minutos depois, Marcos rocha cruzou com perigo pela direita e a bola atravessou a grande área.
Ronaldinho tentou bola alçada na área em cobrança de falta aos 34 minutos, mas a defesa mexicana fez o corte. Em seguida, Leandro Donizete foi substituído por Josué.

.Em nova tentativa atleticana, Luan cruzou pela direita e a defesa do Tijuana conseguiu afastar o perigo. Aos 45 minutos, foi a vez de Jô deixar o campo para a entrada de Alecsandro. E, no minuto seguinte, Luan recebeu ótimo passe de Tardelli e tocou na saída de Saucedo para empatar o jogo e aliviar a Massa Atleticana: 2 a 2, placar final.


MELHORES MOMENTOS YOU TUBE

TIJUANA 2 x 2 ATLÉTICO
Motivo: Copa Bridgestone Libertadores – quartas de final – jogo de ida
Data: 23/05/2013
Estádio: Caliente
Cidade: Tijuana (México)
Gols: Riascos (31’), Martinez (53’); Diego Tardelli (65’), Luan (91’)
Árbitro: José Hernando Buitrago (COL)
Auxiliares:  Wilmar R. Navarro (COL) e Wilson Berrio (COL)
Cartões amarelos: Pierre, Diego Tardelli (Atlético); Pellerano (Tijuana)
TijuanaCarlos Saucedo; Juan Carlos Núñez, Ortíz, Gandolfi e Edgar Castillo; Pellerano, Fernando Arce, Moreno (Corona) e Richard Ruíz (Márquez); Fidel Martínez (Piceño) e Riascos. Técnico: Antônio Mohamed.
AtléticoVictor; Marcos Rocha, Réver, Gilberto Silva e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete (Josué), Diego Tardelli e Ronaldinho; Bernard (Luan) e Jô (Alecsandro). Técnico: Cuca.

Boca Juniors  empata em 0 x 0 com  Newell’s em casa

Após eliminar o Corinthians, o Boca Juniors enfrentou o também argentino Newell’s Old Boys em casa nesta quinta-feira pelas quartas de final da Copa Libertadores, mas não conseguiu sair do empate por 0 a 0 com o compatriota.O time xeneize foi mais ofensivo durante a maior parte do jogo, mas encontrou dificuldades para passar pela zaga adversária. Os visitantes só tiveram uma chance, mas foi justamente a melhor da partida, com Orión evitando um golaço de Scocco aos 25 minutos do segundo tempo. A equipe local ainda teve o zagueiro Guillermo Burdisso expulso aos 48 minutos.
No Campeonato Argentino, as equipe estão em cantos opostos da tabela. Enquanto o Newell’s lidera com 29 pontos, o Boca Juniors é o 18º colocado com apenas 13 pontos conquistados. Os times vão se enfrentar também pelo nacional, com uma partida no domingo, às 21h30 (de Brasília), causando uma sequência de três confrontos consecutivos.
Mesmo sem marcar gols, a equipe de Buenos Aires garantiu a vantagem do empate no jogo de volta. Na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), o hexacampeão da Copa Libertadores visita o time de Rosário podendo se classificar com qualquer igualdade com mais de um gol marcado. Uma nova partida sem gols leva a decisão aos pênaltis.

Fontes: FIFA.com – atletico.com.br – Jornal Esto (México)
Edição: Ramon Paixão – editor chefe do jornal Escanteio

Deixe uma resposta