Grêmio vive ‘expectativa’ por sorteio e quer fugir de brasileiros na 1ª fase

Sorteio dos grupos da Libertadores de 2014 acontece nesta quinta-feira, no Paraguai. Direção admite torcer para não encontrar times locais 

Por uma fase de grupos longe do enfrentamento com os brasileiros. Esse é o desejo gremista para o sorteio da Libertadores, que ocorrerá nesta quinta-feira, a partir das 22h (de Brasília), na cidade paraguaia de Luque, e definirá a caminhada tricolor no início do caminho rumo ao sonho do tri continental.

Fora da escolha dos cabeças de chave divulgados pela Conmebol, o Tricolor torce para que as bolinhas ajudem. Atlético-MG, Cruzeiro, Vélez Sarsfield, Newell’s Old Boys, Bolívar, Unión Española, Cerro Porteño e Peñarol figuram na lista. No entanto, a Conmebol não confirma essa relação nem divulga antecipadamente o formato do sorteio.

O diretor executivo de futebol Rui Costa que embarca no início da tarde para o país vizinho, ao lado do presidente Fábio Koff, admite que gostaria de contar com um sorteio favorável. Prefere não encontrar os times do mesmo país. Além dos mineiros, o Flamengo também está na fase de grupos. Já Atlético-PR e Botafogo disputarão o mata-mata na pré-Libertadores.

– Difícil vai ser, porque todas as equipes que participam são de nível. Estamos na expectativa. Se possível, escapar dos brasileiros. O enfrentamento com os brasileiros é sempre difícil, até porque os times têm conhecimento uns dos outros. E, também se possível, fugir dos mexicanos – apontou Rui em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Fábio Koff, por sua vez, evita falar sobre os confrontos que facilitariam o caminho do clube até as oitavas de final. Garante que, se quer ser campeã, a equipe gaúcha não pode apontar preferências de quem enfrentar.

– O Grêmio, não sendo cabeça de chave, tem que aceitar o que vier. Eles deram as duas cabeças de chave para o campeão da Libertadores e para o campeão do Brasileiro. Se o Grêmio quer vencer, não pode escolher adversário – minimiza o mandatário da instituição.

A vaga direta à fase de grupos, conquistada com a segunda colocação no Brasileiro, garantiu maior período de férias para os atletas, sem a necessidade de passar por uma decisão de pré-Libertadores com poucos dias de treinamento.

A temporada gremista iniciará em Bento Gonçalves, na serra gaúcha, no dia 10 de janeiro. O clube projeta jogar as primeiras cinco ou seis rodadas do Campeonato Gaúcho, que começa no dia 19, com um time B. A equipe deve reunir atletas que estavam emprestados e retornam, além de jogadores que vieram da base.
fonte:Expressmont

Deixe uma resposta