Lanús é campeão da Copa Sul-Americana em casa e acaba com sonho da Ponte Preta


Durante 113 anos, a Ponte Preta tem vivido o sonho de conquistar um título.

Com triunfo por 2 a 0 dentro de casa, após empate por 1 a 1 em São Paulo, o Lanús derrotou a Ponte Preta e se sagrou campeão da Copa Sul-Americana 2013Foto: Reuters

    Porém, neste período o sonho tem virado pesadelo a cada final, a cada decisão, a cada derrota dolorida. E nesta quarta-feira o filme de terror se repetiu: o Lanús venceu a equipe de Campinas por 2 a 0 e viveu o próprio sonho – conquistou o segundo título internacional e se classificou à Copa Libertadores da América de 2014.

PontePress/DJotaCarvalho

O grito que todo torcedor queria dar permaneceu entalado na garganta e deu lugar a uma sensação de frustração. Em um jogo no qual a Ponte jogou um primeiro tempo irreconhecível, o Lanús  venceu a Macaca por 2 a 0. O resultado não era o que ninguém queria ou esperava e, com ele, a Ponte terminou sua primeira participação da história em uma competição internacional como vice-campeã.

PontePress/DJotaCarvalho

“De todo coração, peço perdão por a gente não ter conquistado um título tão esperado.
 Não conseguimos isso e chegamos tão próximo. Infelizmente ontem a equipe não jogou, não conseguiu repetir boas atuações.  “Com estas palavras o técnico Jorginho se dirigiu à torcida pontepretana pedindo desculpas pela derrota diante do Lanús, no estádio La Fortaleza, que deixou a Ponte como vice-campeã da Copa Total Sul Americana.

O Lanús, que empatou por 1 a 1 em São Paulo e venceu a Ponte Preta por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, foi exaltado como grande e incontestável campeão da Copa Sul-Americana 2013 pelo jornal argentino Olé.

 A principal publicação esportiva do país vizinho celebrou o fim do jejum de títulos internacionais e ainda fez piada com o nome do time de Campinas.

Torcedor do Lanús comemorou título com fogos Foto: Reuters

Torcedor do Lanús comemorou título com fogosFoto: Reuters

“O adversário foi a Ponte para a alegria, o descontrole, o festejo louco na Fortaleza, no reduto que não vivia uma festa internacional desde 1996”, escreveu a publicação, em uma referência à conquista da Copa Conmebol, a única internacional que, até então, possuía o Lanús. Além disso, o time tem um título argentino, conquistado em 2007.
Veja os gols:

Ficha do jogo
Ponte Preta – Roberto, Artur (Ferrugem), César, Sacoman e Fernando Bob; Baraka, Elias, Magal (Adailton )e Fellipe Bastos, Rildo (William) e Leonardo.
Lanús – Maechesin, Arauto, Goltz, Izquierdoz e Velasquez; Gonzalez, Somoza, Ayala e Blanco, Benites e Santiago Silva.
Árbitro: Henrique Osses
Local: La Fortaleza – Lanús (ARG)
Gols: Ayala, aos 25, e Blanco, aos 48 do primeiro tempo.
fonte:TerraAAPontePretayoutube

Deixe uma resposta