Flamengo perde para o Léon na estréia da Libertadores

A derrota para o León, do México, na estreia do Flamengo na Libertadores frustrou os jogadores rubro-negros.

 Apesar do empenho na altitude de 1,8 mil metros, Hernane admite que a equipe teve dificuldades para jogar com um a menos.

 Além disso, após cometer pênalti que resultou no primeiro gol adversário, o atacante aponta o árbitro colombiano José Buitrago como um dos culpados pelo revés.

“Não foi (pênalti). Se você assistir na televisão, vai ver que eu estava atrás dele, roubei a bola e saí jogando. Mas acho que juiz caseiro é assim mesmo, faz parte. Ele não tem uma boa fama, mas faz parte da Libertadores”, comentou o jogador

Atacante atuou em toda a partida, mas não coneguiu balançar as redes do gol defendido por Yarbrough
Para Jayme de Almeida, o juiz prejudicou o Rubro-negro na partida e acabou interferindo diretamente no andamento do jogo.
Jayme de Almeida
“A arbitragem foi determinante, desastrosa. Ele deu dois pênaltis que não foram nada. Expulsou um jogador nosso e deu um monte de amarelos para o nosso time, mas não para o deles. Não gosto de falar disso não. Tenho 60 anos e nunca vi um [árbitro] tão ruim”, disse Jayme.
“Ele apitou muito mal. Não gosto de falar de arbitragem. Não é choro. Não queria ficar falando disso, mas por causa desse juiz tenho de falar. Eu queria falar do jogo e não ficar reclamando disso, mas ficou bem claro”, completou o treinador.
fonte:GE.netUol

Deixe uma resposta