A eterna briga entre clubes europeus e a Fifa pela liberação de jogadores para partidas internacionais pode prejudicar a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.

A eterna briga entre clubes europeus e a Fifa pela liberação de jogadores para partidas internacionais pode prejudicar a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.

Nesta terça-feira, uma reunião de dirigentes de times europeus indicou que, se a Fifa não aceitar negociar um calendário internacional, eles não aceitarão que seus atletas participem dos Jogos e da Copa América em 2016.

“Não temos obrigação de liberar jogadores, e temos uma posição forte.

 Na Copa, 76% dos jogadores eram empregados de clubes europeus. Nossa posição é forte no mundo do futebol”, afirmou o alemão Karl Heinz Rummenigge, presidente da Associação Europeia de Clubes, ao jornal O Estado de S. Paulo.

 Eles esperam acerto com a Fifa, após final de acordo recente entre as partes.

Deixe uma resposta