Brasil bate a China e chega a 100ª vitória na competição : Mundial de Vôlei de 2014

O Brasil derrotou a China por 3 sets a 0 (25/14, 25/23 e 25/18) e chegou a 100ª vitória na história do Campeonato Mundial masculino de vôlei.

Brasil x China

O resultado positivo conquistado nesta quinta-feira (11.09), na Spodek Arena, em Katowice (Polônia), manteve a invencibilidade da equipe dirigida pelo técnico Bernardinho nesta edição.
A seleção busca o quarto título mundial após as conquistas de 2002, 2006 e 2010.

Das 100 vitórias brasileiras, 32 foram sob o comando de Bernardinho que, nesta quinta, falou sobre todo esse processo de conquistas.

Técnico Bernadinho

“Essa é uma trajetória longa e fruto de um trabalho que foi feito lá atrás, afinal não podemos deixar de destacar as 68 vitórias anteriores. É muito bacana ver que o Brasil hoje tem uma história no voleibol e me dá muito orgulho fazer parte dela”, disse Bernardinho.

Sobre o atual momento da seleção brasileira, o treinador fez elogios. “O time está mais consistente e confiante na sua formação, mas alguns testes importantes nós não conseguimos fazer, já que a Bulgária não fez o jogo que poderia.Certamente, contra Canadá e Rússia serão partidas mais difíceis”, avaliou Bernardinho, sobre os próximos confrontos do Brasil nesta segunda fase do Mundial.

A seleção brasileira enfrentará o Canadá no próximo sábado (13.09) e a Rússia no domingo (14.09), ambos às 11h40 (Horário de Brasília), na Spodek e com transmissão ao vivo do canal SporTV.
Maior pontuador do jogo contra a China, o ponteiro Lucarelli marcou 19 vezes, sendo 12 de ataque, três de bloqueio e quatro de saque.

“Fizemos uma bela partida e uma vitória de 3 a 0 é sempre muito importante. Agora, contabilizamos isso para o campeonato e evitamos um desgaste maior, já que esse é um campeonato muito longo. Cada vez que economizamos um set, é muito válido.
Amanhã temos um descanso e o dia vai ser importante para acertarmos mais alguns detalhes para as próximas partidas”, disse Lucarelli.

Lucarelli

O central Sidão também elogiou o bom momento da seleção brasileira. “Nosso time evoluiu muito. Trabalhamos muito duro, viemos para o exterior duas semanas antes, fizemos amistosos e mantivemos a equipe toda com muito foco e determinação. Isso foi fundamental para o nosso crescimento”, comentou Sidão.

Atleta Sidão

Na primeira fase, o Brasil, que busca seu quarto título no campeonato, derrotou a Alemanha, a Tunísia e a Finlândia, por 3 sets a 0, a Coréia do Sul por 3 a 2, e a seleção de Cuba, por 3 a 1. Já na segunda etapa do Mundial, a equipe verde e amarela bateu a Bulgária por 3 sets a 0.
Veja vídeo:

TABELA – Primeira fase:

01.09 – Brasil 3 x 0 Alemanha (25/21, 25/19 e 25/17)
03.09 – Brasil 3 x 0 Tunísia (25/18, 25/10 e 25/17)
05.09 – Brasil 3 x 0 Finlândia (27/25, 25/21 e 26/24)
06.09 – Brasil 3 x 2 Coréia do Sul (21/15, 25/13, 25/21, 17/25 e 15/13)
07.09 – Brasil 3 x 1 Cuba (22/25, 25/23, 25/18 e 25/17)

TABELA – Segunda fase:

10.09 – Brasil 3 x 0 Bulgária (25/15, 25/21 e 25/
11.09 – Brasil 3 x 0 China (25/14, 25/23 e 25/18)
13.09 – 11h40 – Brasil x Canadá
14.09 – 11h40 – Brasil x Rússia
O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro
fonte:Assessoria de Comunicação – CBV

Deixe uma resposta