Brasileiro Kelvin deixa Porto a um passo do tricampeonato em Portugal

FC Porto venceu o Benfica por 2 a 1 e protagonizou um verdadeiro golpe de teatro na Liga portuguesa. As Águias “só” precisavam de ganhar no Estádio do Dragão para selar o título, mostraram-se satisfeitas com o empate na segunda parte – que lhes permitia manter a liderança com dois pontos de vantagem para a última jornada –, mas viram o bicampeão nacional marcar no segundo minuto de descontos e virar o jogo e, provavelmente, o campeonato.

Benfica tinha quase tudo a seu favor. Jogava no terreno do arqui-rival com dois pontos de vantagem, dependia apenas de si para chegar já este sábado ao título e até marcou primeiro. Aos 19 minutos, após um lance confuso na área portista, a bola sobrou para Lima e o avançado brasileiro mostrou a eficácia do costume.
Um gol do jovem atacante brasileiro Kelvin, revelado pelo Paraná Clube, já no período de descontos, deu esta noite uma vitória dramática ao FC Porto frente ao Benfica por 2 x 1


A festa benfiquista só durou seis minutos, já que após um cruzamento de Varela, Maxi Pereira tentou cortar a bola e acabou por assinar um autogolo. Com tudo empatado, o jogo foi-se arrastando, sempre com o FC Porto a ter mais posse de bola, mas a sentir dificuldades para vergar a defesa do Benfica.

á na segunda parte, dois bons remates de Varela ameaçaram concretizar a reviravolta, Cardozo esteve muito perto de dar o título ao Benfica num livre direto que Helton defendeu em grande estilo, mas as grandes emoções estavam guardadas para o final.
.

Jorge Jesus deu um sinal à equipa que o empate era bom ao tirar Gaitán para lançar o trinco Roderick, os benfiquistas recuaram ainda mais no terreno e os Dragões aproveitaram. Aos 85 minutos, foi James a surgir isolado e a atirar ao poste, num verdadeiro aviso do que estava para acontecer.

E aconteceu mesmo ao minuto 92. Lance rápido na esquerda entre Kelvin e Liedson, com o jovem brasileiro a assinar um remate que certamente nunca esquecerá. Nem ele, nem os adeptos do FC Porto.
A figura: Kelvin. Poucas vezes utilizado esta época, o jovem extremo brasileiro terá, no entanto, um papel de destaque se o FC Porto conseguir o tricampeonato. Depois de ter saltado do banco para marcar os dois golos que garantiram a vitória sobre o Braga, na 25.ª jornada, Kelvin voltou a ser aposta de Vítor Pereira e mostrou que é um verdadeiro talismã.


O momento: Não podia ser outro. No segundo minuto de descontos do clássico, o FC Portotirou uma grande jogada da cartola para dar a volta ao campeonato e, quem sabe, encaminhar-se para o terceiro título consecutivo. Grande passe de Liedson – também ele pouco utilizado – para Kelvin, que recebeu de pé direito e rematou de pé esquerdo sem hipóteses para Artur Moraes.

A surpresa: Está confirmado o ano do Castor. O Paços de Ferreira garantiu o terceiro lugar do campeonato e, assim, vai marcar presença pela primeira vez na UEFA Champions League. OsCastores levaram a melhor nesta corrida ao Sporting de Braga, que tem um orçamento bem superior e este sábado perdeu em casa com o Nacional, e vão estar no “play-off” da Liga dos Campeões 2013/14.

O número: 7. O Sporting até venceu o Olhanense, mas não vai guardar boas memórias desta jornada. Com os triunfos do Estoril e o Rio Ave, os Leões ficaram a saber que, na próxima época, não vão disputar as competições europeias, o que acontece pela primeira vez desde 1975/76. Para já, a equipa de Jesualdo Ferreira está no sétimo lugar da classificação e o melhor que pode ambicionar é a sexta posição, que é o pior registo de sempre do clube no principal campeonato português.

O que aí vem: Todas as decisões ficam para a 30.ª e última jornada. O FC Porto joga em casa de um Paços de Ferreira que já garantiu o terceiro lugar e o Benfica recebe o Moreirense, que luta pela permanência. Os Dragões só precisam do triunfo para chegar ao “tri”, enquanto o Benficatem de ganhar e esperar por uma escorregadela dos azuis e brancos na Capital do Móvel.

Confira todos os resultados da 25ª rodada e a classificação atualizada:

Marítimo 1 x 1 Paços de Ferreira

Sporting 3 x 2 Moreirense

Estoril 4 x 0 Nacional

Gil Vicente 2 x 1 Académica

Rio Ave 2 x 1 Vitória de Setúbal

Vitória de Guimarães 2 x 1 Beira-Mar

Olhanense 0 x 2 Benfica

Porto 3 x 1 Braga

Classificação

1. Benfica – 67 pontos

2. Porto – 63

3. Paços Ferreira – 46

4. Braga – 43

5. Estoril – 35

6. Marítimo – 34

7. Rio Ave – 33

8. Vitória de Guimarães – 33

9. Sporting – 33

10. Nacional da Madeira – 31

11. Vitória de Setúbal – 23

12. Gil Vicente – 22

13. Académica – 21

14. Olhanense – 21

15. Moreirense – 21

16. Beira-Mar – 17

Fontes: FIFA.com –  Diário de Notícias – Record – ABola(Portugal)
Edição: Ramon Paixão – editor chefe do Jornal Escanteio
Antonio Bento
Analista de Redes de Computadores , Pos-Graduado em Segurança de Redes de Computadores , Pos-Graduado Tecnologias Para Aplicações Web. Trabalha deste 2008 com Aplicações web em desenvolvimentos nas linguagem (php, Python, Ruby Rais) Conhecimento Avançando em banco sql Nosql.
http://stice.info

Deixe uma resposta