Dinamite é o terceiro a assinar Livro de Ouro do Maracanã

Antes do primeiro clássico da final do Campeonato Carioca entre Vasco e Flamengo, neste domingo, o atual presidente e ídolo cruzmaltino Roberto Dinamite foi o terceiro jogador a assinar o Livro de Ouro do Maracanã.

 A solenidade estava marcada para acontecer às 15h, mas o dirigente só chegou ao local às 15h30.

No livro Dinamite escreveu: “Maracanã, Templo Sagrado do Futebol. Obrigado por tudo. Primeiro gol no Maracanã com a camisa do Vasco. Momentos de alegrias e tristezas que fazem parte, como Futebol e Maracanã. Eu, Roberto Dinamite, agradeço por tudo”.

Maior artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 190 gols, Dinamite vestiu a camisa cruzmaltina por 21 anos e foi o maior goleador da história do clube da Colina, com 711 gols.

 O ex-atacante disse que se sentiu lisonjeado em assinar um Livro de Ouro do estádio ao lado de grandes nomes do futebol como Zagallo, Zico e Pelé – que ainda não assinou, mas tem um lugar reservado no documento.

“Acho superlegal, porque vivi e joguei praticamente 20 anos da minha carreira no Maracanã. Ser um dos maiores artilheiros do Maracanã e do Campeonato Brasileiro, e ter o meu nome lembrado em um livro que tem grandes figuras como Zagallo, Zico, que já assinaram, e ainda tem um pedaço reservado para o Pelé… eu e outros grandes jogadores que fizeram parte da história do futebol, é muito importante.

Para mim é o reconhecimento daquilo que eu fiz como profissional, como atleta. Isso ficará registrado e ninguém poderá apagar”, disse o presidente do Vasco.

O Livro de Ouro do Maracanã é uma homenagem a personalidades do esporte e pessoas ilustres que passaram pelo estádio.

 Quem inaugurou o objeto foi Zagallo, tetracampeão mundial com a Seleção Brasileira. Zico, maior artilheiro do estádio com 333 gols, foi o segundo a deixar sua mensagem.

Zagallo escreveu a seguinte mensagem no livro:

“Hoje é um dia importante na minha vida esportiva. Aqui no Maracanã é parte de onde fiz minha felicidade. Agradeço ao senhor João Borba (presidente do consórcio) por ter me escolhido para a primeira assinatura deste livro.”

 Assinar esse livro significa gratidão.

 É gratificante receber este tipo de homenagem aqui no Maracanã – disse Zico, que escreveu a seguinte mensagem no livro:

“Essa aqui sempre foi a minha segunda casa. Tive os maiores momentos da minha vida esportiva aqui dentro. Com muito orgulho e satisfação deixo aqui o meu registro e minha gratidão. 
Saudações rubro-negras, Zico”.

Antes da bola rolar, um minuto de silêncio foi respeitado no estádio em homenagem ao ator José Wilker, que morreu no sábado, vítima de um infarto fulminante.

fonte:Terra

Deixe uma resposta