You are here
Home > Campeonatos Estaduais > Estaduais: Vantagens e muitas indecisões

Estaduais: Vantagens e muitas indecisões

Santos perdeu Ganso, mas Neymar quase vence Timão
     Final de campeonato estadual com clássico é sinônimo de jogo tenso e muita rivalidade. E neste domingo, foi exatamente o que se viu nos primeiros rounds das decisões em São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Se no Pacaembu Corinthians e Santos não mexeram no placar apesar do duelo bem movimentado, no Beira-Rio o Grêmio fez 3 a 2 no Inter, enquanto na Arena do Jacaré foi o Atlético-MG quem saiu na frente ao bater o Cruzeiro por 2 a 1. Nada, porém, está decidido. Tem mais clássico e mais emoção no domingo que vem, quando os campeões serão conhecidos Brasil afora.
Na decisão do Campeonato Paulista, cada time foi melhor em um tempo. Se o Corinthians teve mais posse e até criou mais na primeira etapa – com uma chance perigosa de Bruno César e outra de Liédson –, no segundo foi o Santos que se impôs, com Neymar mais uma vez mostrando que é o grande nome da equipe no momento.
A importância do atacante ficou ainda maior quando Paulo Henrique Ganso deixou o gramado sentindo uma lesão na coxa no final do primeiro tempo. Na volta, Neymar foi liberado para armar e atacar e retribuiu com muita velocidade e ao menos três boas chances de gol, uma delas em chute que raspou no travessão. Do outro lado, o Corinthians recuou e só saiu com perigo em rápidos contra-ataques. Liédson também carimbou o poste de Rafael, mas foi só.
A decisão agora vai para a Vila Belmiro com mais incógnitas do que soluções. Uma, por exemplo, é saber se Ganso estará recuperado a tempo. Outra é ver como o time santista encarará o cansaço pela maratona de jogos que tem pela frente – joga no meio da semana contra o Once Caldas em Manizales, pelas quartas de final da Copa Libertadores.O Corinthians, por sua vez, terá uma semana inteira para se preparar.

 Viçosa perdeu este gol, mas fez dois para o Grêmio

GRÊMIO EM VANTAGEM – Já o Gre-Nal decisivo do Campeonato Gaúcho ganhou ainda mais importância após as eliminações de ambos na Libertadores no meio da semana. No Beira-Rio, a torcida colorada tinha a esperança de apagar da memória a derrota traumática para o Peñarol, mas acabou vivendo mais uma decepção em casa. Em jogo eletrizante, o Grêmio se deu melhor, fez 3 a 2 de virada com dois gols de Junior Viçosa e agora precisa de um empate – ou de uma derrota simples por 1 a 0 ou 2 a 1 – no Olímpico para levantar a taça.

Curiosamente, o Inter saiu na frente logo no início, da mesma forma que contra os uruguaios na última quarta-feira. Andrezinho abriu o placar com bonito chute, mas o Grêmio não recuou. Melhor em campo, a equipe de Renato Gaúcho empatou com Junior Viçosa, em cabeçada que contou com a ajuda do goleiro Renan. No segundo tempo, veio a virada com o garoto Leandro. Do lado do Inter, Leandro Damião, sempre ele, empatou, mas o placar não parou aí. No final, de novo Junior Viçosa, de novo de cabeça e por cobertura, matou Renan e o jogo.

Clássico muito disputado na Arena so Jacaré

ATLÈTICO(MG) LARGA BEM– A decisão do Mineiro também teve alto grau de nervosismo e acabou com vantagem do Atlético-MG, que saiu na frente com Mancini, cobrando falta. O Cruzeiro, ainda abalado pela surpreendente eliminação na Libertadores para o Once Caldas, empatou com Wallyson, mas Patric, que havia se atraplhado no gol rival, se recuperou e fechou a conta ainda no primeiro tempo para o Galo. Time de melhor campanha no estadual, o Cruzeiro agora terá de correr atrás na volta para não sofrer outra decepção neste semestre.

E o que mais?
No Campeonato Baiano, o Bahia de Feira jogou em casa e ficou duas vezes à frente do Vitória no placar, mas acabou saindo com um resultado ruim para o jogo de volta no Barradão. Com o empate em 2 a 2, o rubro-negro precisa de novo empate para conquistar o pentacampeonato. Diones e Carlinhos marcaram para o Bahia de Feira, enquanto Elkeson e Renié fizeram para o Vitória.
Por um empate também jogará o Criciúma, que derrotou o Chapecoense por 1 a 0, gol de Talles Cunha, na primeira partida da final do Catarinense. Já Goiás não aproveitou a vantagem de dois jogadores a mais e empatou com o Atlético Goianiense em 1 a 1 no Serra Dourada.

Tricolor do Arruda ganhou com gols de Gilberto e Landu

SANTA CRUZ ESTÀ PERTO – Por fim, o Campeonato Pernambucano pode ver em breve o fim do domínio de cinco anos do Sport. Isso porque o Santa Cruz deu grande passo para conquistar o título ao vencer o rival na Ilha do Retiro por 2 a 0, gols de Gilberto e Landu. Agora, pode até perder na partida volta no Arruda para comemorar um feito que não obtém desde 2005.

Fonte: FIFA.com

Antonio Bento
Analista de Redes de Computadores , Pos-Graduado em Segurança de Redes de Computadores , Pos-Graduado Tecnologias Para Aplicações Web. Trabalha deste 2008 com Aplicações web em desenvolvimentos nas linguagem (php, Python, Ruby Rais) Conhecimento Avançando em banco sql Nosql.
http://stice.info

Deixe uma resposta

Top