Faltam 917 dias para a Copa: Aldo Rebelo fala da preparação na Câmara dos Deputados

Ministro ressaltou a importância das obras para o Mundial e comentou a possibilidade de liberação do consumo de bebidas alcoólicas durante o evento

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, falou dos planos da pasta para 2012, incluindo os programas do ministério e os preparativos para a Copa do Mundo da FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, durante audiência pública na Comissão de Turismo e Desporto da Câmara. Sobre a preparação para o Mundal, o ministro lembrou da importância das obras para as cidades-sede e não apenas para a realização do evento. “Há obras adiantadas, com conclusão antes da Copa, como os estádios. Outras que ficarão prontas quando se aproximar a data do evento e ainda outras que têm interesse público, antes de mais nada, porque são importantes para essas regiões metropolitanas”, afirmou.
A audiência pública debateu também a liberação do consumo de bebidas alcoólicas nos estádios durante a Copa do Mundo, prevista no substitutivo da Lei Geral da Copa apresentado pelo relator do projeto na Câmara, Vicente Cândido (PT-SP). Aldo lembrou que eventos públicos ainda maiores que as partidas de futebol, também com riscos para a segurança pública, contam com o consumo de bebidas alcoólicas. “Ninguém imagina o carnaval, por exemplo, sem o consumo de bebidas alcoólicas”, lembrou. Mas o ministro preferiu não emitir conclusão em relação ao tema, deixando a discussão para a comissão especial que debate a Lei Geral. “Prefiro que a opinião seja dada por quem mais debateu o assunto. A questão é que não há uma lei nacional proibindo o consumo nos eventos esportivos”, ressaltou. “É preciso que se pondere. É preciso que esses critérios sejam balizados com equilíbrio. Não estou aqui defendendo nenhuma opinião, porque não sou especialista nem na área de segurança pública, nem de saúde pública, nem de lazer. É preciso que o Congresso Nacional leve em conta essas questões.” “Os estádios, ainda mais nessa concepção moderna com que estão sendo construídos, são espaços de lazer, de prática de futebol, mas também terão restaurantes, centros de convenções, onde acontecerão shows, espetáculos. Então não poderemos ter bebida num estádio durante uma partida de futebol, mas durante o show da Madonna pode ter?”, questionou Aldo, ressaltando a importância de que regras gerais para o tema sejam definidas pelo parlamento.

Fonte: Tiago Falqueiro – Portal da Copa

Antonio Bento
Analista de Redes de Computadores , Pos-Graduado em Segurança de Redes de Computadores , Pos-Graduado Tecnologias Para Aplicações Web. Trabalha deste 2008 com Aplicações web em desenvolvimentos nas linguagem (php, Python, Ruby Rais) Conhecimento Avançando em banco sql Nosql.
http://stice.info

Deixe uma resposta