Ferruccio: "Meta é concluir 95% das obras do Castelão até dezembro de 2012"

Com as obras a todo vapor, o Secretário Especial da Copa 2014, Ferruccio Feitosa, garantiu que as obras de reforma, ampliação, modernização e adequação do estádio Plácido Aderaldo Castelo (Castelão) para a Copa do Mundo da FIFA chegarão à dezembro de 2012 com 95% de conclusão. A certeza se deve graças à um rígido controle realizado pelo consórcio construtor que, através de um software, pode prever possíveis atrasos e indicar soluções com antecedência. No próximo mês de setembro, a FIFA fará a primeira fiscalização da obra e em dezembro de 2012 fará a segunda vistoria. Com o avanço das obras do Castelão, o estádio se credencia para receber a Copa das Confederações em 2013.. A informação foi divulgada durante coletiva realizada na tarde desta quarta-feira, dia (06/04). Na ocasião, foi apresentado todo o cronograma de andamento da obra, desde o início até a fase atual. Com a primeira, segunda, e terceira etapa em andamento, o Castelão começa a se  transformar com o início das demolições. Nessa primeira fase, elas serão feitas de forma mecânica, com previsão de realizar a implosão do local onde funcionará o prédio central em junho. Para isso, técnicos americanos estão chegando à Fortaleza para realizar todo um estudo e simulação de como ocorrerá todo o processo.Do lado de fora, a primeira fase da obra segue dentro do cronograma com a construção da primeira etapa do estacionamento e do novo prédio da Secretaria do Esporte do Estado (Sesporte). Para dar ainda mais agilidade, foi montado no local uma unidade industrial que conta com um pátio de pré-moldados que tem executado vigas, pilares e lajes que estão sendo utilizados nessa primeira etapa. Além disso, foi iniciado o processo de terraplanagem da área de Hospitalidade exigida pela FIFA.

Qualificação
Com quase 400 pessoas trabalhando diretamente na obra – todas elas das imediações do estádio -, o Governo do Estado, em parceria com a concessionária Arena Castelão e o Instituto Centec têm promovido a capacitação com a realização de cursos de carpinteiro, ferreiro e pedreiro dentro do próprio canteiro de obras. Após a conclusão das aulas, esses profissionais serão cadastrados com ajuda do Sine/IDT para trabalharem no projeto.

Responsabilidade Ambiental
Para atender às exigências da FIFA,  a obra do estádio Castelão segue o modelo de construção sustentável. Para receber um dos principais selos verdes, a certificação Leed, todos os cuidados necessários estão sendo tomados. Entre eles está a reciclagem de todo o concreto obtido das demolições. Ao fim do processo, o material reciclado será usado na pavimentação de todo o estacionamento da obra. Essa característica da obra do Castelão recebeu destaque, inclusive, no portal da FIFa – www.fifa.com

Início

As obras para a reforma, ampliação e adequação do estádio Plácido Aderaldo Castelo (Castelão) iniciaram no dia 13 de dezembro, data em que o Governador assinou a Ordem de Serviço e o contrato com o BNDES. As obras iniciaram pela parte externa, possibilitando assim a realização de jogos do primeiro turno do Campeonato Cearense de 2011. No total, serão investidos recursos no valor de R$ 518.606 milhões, que incluem todas as intervenções internas e externas (característica inédita na construção dos estádios da Copa no Brasil), a construção do novo prédio da Secretaria do Esporte (Sesporte) e a operação do
estádio por oito anos. Segundo o secretário Ferruccio Feitosa, o preço médio por assento ficou em cerca de R$ 5 mil, o que é inferior à média investida nos estádios para a Copa na África do Sul e no Brasil.

Detalhes do projeto

Entre os principais pontos do projeto está a aproximação da área que separa o acesso dos torcedores sentados nas cadeiras inferiores do gramado. Com a reforma, essa distância cairá dos atuais 40 para 21 metros. Também serão realizadas mudanças nas cabines de imprensa, camarotes, vestiários, túneis de acesso ao campo, e nas cadeiras do estádio, que serão retráteis, entre outros pontos.  Além disso, o estádio contará com um novo estacionamento para 1750 veículos.

Outro destaque é a coberta que protegerá 100% dos torcedores de sol e chuva e irá ajudar substancialmente a qualidade da imagem das transmissões televisivas. Além disso, serão construídos um restaurante, mídia center, área de hospitalidade, lounge e área VIP. Todas as mudanças atendem às exigências do caderno de encargos da FIFA.

Etapas da Obra

Etapa 1 – Edifício-sede da Secretaria do Esporte do Estado e primeira
etapa do Estacionamento Coberto 1;
Etapa 2 – Segunda etapa do Estacionamento Coberto 2;
Etapa 3 – Edifício Central;
Etapa 4 – Conclusão, disponibilização e início da operação da
totalidade do Estádio.
Fonte: SECOPA

Antonio Bento
Analista de Redes de Computadores , Pos-Graduado em Segurança de Redes de Computadores , Pos-Graduado Tecnologias Para Aplicações Web. Trabalha deste 2008 com Aplicações web em desenvolvimentos nas linguagem (php, Python, Ruby Rais) Conhecimento Avançando em banco sql Nosql.
http://stice.info

Deixe uma resposta