Hamilton conquista segunda vitória em 2011

O inglês Lewis Hamilton conquistou sua segunda vitória na temporada de F-1. O piloto da McLaren venceu o GP da Alemanha, em Nurburgring, décima etapa do Mundial, neste domingo, repetindo o feito do GP da China, no início do ano.Foi a 15ª vitória na carreira de Hamilton(comemorando no boxe-foto), que já havia ficado na segunda colocação nesta temporada duas vezes (no GP da Austrália e no da Espanha). A vitória na Alemanha foi obtida após uma batalha acirrada com o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, que terminou em segundo após liderar parte da prova. A Red Bull, que dominou as provas anteriores, viu seus dois pilotos numa situação diferente. O australiano Mark Webber, que largou na pole, até liderou a prova durante algumas voltas, mas terminou em terceiro.

Já o alemão Sebastian Vettel fez sua pior corrida no ano. Em momento algum brigou pelo pódio e cruzou a linha de chegada em quarto graças a um erro da Ferrari. O erro tirou a quarta posição de Felipe Massa. O brasileiro disputou uma boa corrida e levava a melhor sobre o alemão, embora fosse seguido de perto. Na última volta, perdeu a posição por causa do trabalho de box da equipe italiana –os dois pilotos pararam ao mesmo tempo, mas a Red Bull foi mais rápida. Mesmo com a vitória de Hamilton na Alemanha, a liderança do Mundial de F-1 continua com o Vettel, que tem 216 pontos. Webber é segundo, com 139. Hamilton tem 134 e Alonso, 130. Massa tem 62 e ocupa a sexta posição do Mundial. Já Rubens Barrichello, da Williams, que tem quatro pontos no Mundial, até teve uma boa largada. Saltou da 14ª para a 11ª colocação. O piloto esperava, inclusive, brigar por uma posição na zona de pontuação, mas acabou abandonando a prova na volta 18 por vazamento de óleo no motor. Ficou em 23º –a frente apenas de Nick Heidfeld (Renault).

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GP DA ALEMANHA:

1. Lewis Hamilton (ING) – McLaren – 1h37min30s334
2. Fernando Alonso (ESP) – Ferrari – +3s9
3. Mark Webber (AUS) – Red Bull – +9s7
4. Sebastian Vettel (ALE) – Red Bull – +47s9
5. Felipe Massa (BRA) – Ferrari – +52s2
6. Adrian Sutil (ALE) – Force India – +86s2
7. Nico Rosberg (ALE) – Mercedes – a 1 volta
8. Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – a 1 volta
9. Kamui Kobayashi (JAP) – Sauber – a 1 volta
10. Vitaly Petrov (RUS) – Renault – a 1 volta
11. Sergio Perez (MEX) – Sauber – a 1 volta
12. Jaime Alguersuari (ESP) – Toro Rosso – a 1 volta
13. Paul di Resta (ESC) – Force India – a 1 volta
14. Pastor Maldonado (VEN) – Williams – a 1 volta
15. Sebastien Buemi (SUI) – Toro Rosso – a 1 volta
16. Heikki Kovalainen (FIN) – Lotus – a 2 voltas
17. Timo Glock (ALE) – Virgin – a 3 voltas
18. Jerome D’Ambrosio (BEL) – Virgin – a 3 voltas
19. Daniel Ricciardo (AUS) – Hispania – a 4 voltas
20. Karun Chandhok (IND) – Lotus – a 23 voltas
21. Vitantonio Liuzzi (ITA) – Hispania – a 25 voltas [não completou]
22. Jenson Button (ING) – McLaren – a 25 voltas [não completou]
23. Rubens Barrichello (BRA) – Williams – a 44 voltas [não completou]
24. Nick Heidfeld (ALE) – Renault – a 51 voltas [não completou]

Fonte: Folha S. Paulo – Fotos: Daily Sports – Der Spiegel

Antonio Bento
Analista de Redes de Computadores , Pos-Graduado em Segurança de Redes de Computadores , Pos-Graduado Tecnologias Para Aplicações Web. Trabalha deste 2008 com Aplicações web em desenvolvimentos nas linguagem (php, Python, Ruby Rais) Conhecimento Avançando em banco sql Nosql.
http://stice.info

Deixe uma resposta