Mais uma violenta avalanche na história do Everest:doze mortos

Rosier será o primeiro nordestino a concluir o projeto Sete Cumes

Pelo menos 12 guias nepaleses morreram nesta sexta-feira, 18, em uma avalanche no Everest, o acidente mais violento da história da maior montanha do mundo.

 O empresário cearense Rosier Alexandre estava entre os montanhistas e sobreviveu, mas dois membros de sua equipe faleceram no acidente.

Empresário sobreviveu, mas perdeu dois amigos de sua equipe

O deslizamento no Everest foi registrado por volta das 7h (horário local, 1h15 de Brasília) a cerca de 6,2 mil metros de altitude, quando 50 montanhistas, em sua maioria sherpas nepalenses, iam do acampamento base I para o II.

“Até agora retiramos 12 corpos da neve. Não sabemos quantos mais se encontram presos”, declarou à AFP Dipendra Paudel, funcionário do ministério do Turismo do Nepal, em Katmandu.

De acordo com publicação da assessoria de imprensa, por meio do Facebook, Rosier – que está no Everest para expedição

 o número de desaparecidos ainda é incerto. “Alguns dizem que tem mais de 10. A catástrofe matou gente de diversas expedições”, lamentou.

Ainda não é possível saber se existe condições para a continuidade da expedição.

 Segundo Rosier, todos ainda estão “de olho no furacão”, já que a tragédia ocorreu há pouco mais de 12 horas. “Devemos rever o plano e continuar. Mas diante de uma catástrofe sem igual em toda a história do Everest, tudo pode acontecer”, lamentou, acrescentando que, caso os sherpas sobreviventes ficarem abalados, existe a possibilidade de cancelamento da escalada. A equipe do montanhista era composta por 15 membros, destes 11 são sherpas e quatro pretendem chegar ao cume.

Elizabeth Hawley, considerada a principal especialista mundial em escaladas no Himalaia, afirmou que esta avalanche é o acidente mais letal da história do alpinismo no Everest.

Elizabeth Hawley é um cronista altamente respeitado de alpinismo
Elizabeth Hawley é um cronista altamente respeitado de alpinismoNavesh Chitrakar / Reuters

 O acidente mais grave anterior havia acontecido em 1996, quando oito pessoas morreram em um período de dois dias durante uma tempestade enquanto tentavam escalar a montanha.

 “Esta é, sem dúvidas, a pior catástrofe no Everest”, disse Hawley à AFP. A empresa Himalayan Climbing Guides do Nepal, com sede em Katmandu, confirmou que dois de seus guias estavam entre os mortos e quatro são considerados desaparecidos.

Cearense será o 1º nordestino e o 4º brasileiro a escalar as 7 maiores montanhas do Mundo

Rosier será o primeiro nordestino a concluir o projeto Sete Cumes
Finalmente no cume da montanha mais fria do planeta, o monte McKinley de 6.194m
Rosier será o primeiro nordestino a concluir o projeto Sete Cumes
Rosier será o primeiro nordestino a concluir o projeto Sete Cumes
Projeto Sete Cumes
Até hoje, aproximadamente 200 pessoas conseguiram finalizar o projeto Sete Cumes, que abrange as mais altas montanhas de cada continente. Somente três brasileiros concluíram o projeto. Rosier será o 1º nordestino e o 4º brasileiro a realizar este feito.
Rosier já escalou o Monte McKinley (6.194 m), na América do Norte; Monte Carstensz (4.884 m), na Oceania; Monte Vinson (4.897 m), na Antártida; Kilimanjaro (5.895 m), na África; Monte Elbrus (5.642 m), na Europa; e Monte Aconcágua (6.962 m), na América do Sul.
Destas, para o montanhista, o McKinley foi o mais complicado de se escalar, sendo compensado pela beleza encontrada no topo. As condições climáticas adversas, o frio e a logística de avião para entrar e sair da montanha dificultam a tarefa. “É um presente divino, uma das montanhas mais belas e isoladas. Está no Alaska, próximo ao Polo Norte. Lá não existem serviços de terceiros, cada escalador precisa ter autonomia e transportar seus equipamentos. É uma montanha limpa e de uma beleza ímpar”.
Rosier deve finalizar o Projeto Sete Cumes ainda neste ano (FOTO: Arquivo pessoal)

Rosier deve finalizar o Projeto Sete Cumes ainda neste ano (FOTO: Arquivo pessoal)
Agora chegou a vez de escalar o Monte Everest, a maior montanha da Terra, com 8.884 m de altitude.

fonte:TCOPovo

Deixe uma resposta