O Brasília é o campeão da primeira edição da Copa Verde 2014

 Nesta segunda-feira (21), o clube enfrentou o Paysandu, no estádio Mané Garrincha, em Brasília e ficou com a taça de campeão.

Adalberto Marques/Agif/Gazeta Press

Após devolver a derrota por 2 a 1 sofrida em Belém, no tempo normal, o Brasília, diante de sua torcida, superou o Paysandu nos pênaltis e se tornou o primeiro campeão da Copa Verde, torneio criado neste ano.

TARSO SARRAF/ Agif/Gazeta Press

O resultado dá ao time candango a vaga na Copa Sul-Americana 2015.

Brasiliense parabeniza o Brasília pela conquista da Copa Verde
“O Brasiliense vem a público para cumprimentar o Brasília pelo título da Copa Verde, na segunda-feira, na final diante do Paysandu, no Mané Garrincha, no aniversário de 54 anos de Brasília.
 A conquista valeu a inédita vaga de um clube do Distrito Federal em uma competição internacional, nesse caso a Copa Sul-Americana de 2015.
Também foi muito importante a presença de 50 mil pessoas no Mané Garrincha, o que prova o interesse do público da cidade pelo nosso futebol e por bons espetáculos.
 Que os governantes e dirigentes, cientes desses números, saibam que vale a pena investir na melhoria dos estádios e nos patrocínios aos clubes”
Veja os gols:

FICHA TÉCNICA

BRASÍLIA 2 (7) X (6) 1 PAYSANDU

Local: Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 21 de abril de 2014, segunda-feira
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Francisco Casimiro de Sousa (TO) e Nilton Pereira da Silva (RR).
Cartões amarelos: Alekito e Pedro Ayub (Brasília); Yago Pikachu (Paysandu)
Cartão Vermelho: Charles (Paysandu)

Gols:
BRASÍLIA: Gilmar, de pênalti, aos 39min do 1º tempo; Alekito, aos 9min do 2º tempo;
PAYSANDU: Leandro Carvalho, aos 39min do 2º tempo

Pênaltis:
BRASÍLIA: Natan, Daniel, Renan, Claudecir, Índio, Alekito e Fernando converteram. Mateuzinho desperdiçou.
PAYSANDU: Augusto Recife, Yago Pikachu, João Paulo, Leandro Carvalho, Djalma e Bruninho converteram. Lima e Heliton desperdiçaram.

BRASÍLIA: Artur; Fernando, André Nunes, Índio e Kaká (Renan); Pedro Ayub, Clécio (Daniel), Mateuzinho e Gilmar (Natan); Alekito e Claudecir
Técnico: Luiz Carlos

PAYSANDU: Matheus; Yago Pikachu, Charles, João Paulo e Airton (Leandro Carvalho); Augusto Recife, Billy (Pablo), Zé Antônio (Heliton), Bruninho e Djalma; Lima
Técnico: Mazola Júnior
fonte:Brasiliense FC

Deixe uma resposta