A palavra do sucesso de Ney Franco: Estratégia

Desde que chegou a Barranquilla para a disputa do Mundial Sub-20, já nas primeiras entrevistas, Ney Franco dizia que o treinador deve conhecer bem seus jogadores. Afirmava também que uma das maiores virtudes da escola brasileira era não preparar o jogador para desempenhar apenas uma função e sim várias.Ao longo da competição, o técnico do Brasil provou que sua teoria valia na prática. Nesta competição, Danilo jogou de lateral-direito e meia, Dudu foi atacante e segundo volante, Juan de zagueiro atuou de lateral-esquerdo, e Casemiro, que sempre jogou no meio, fez grandes exibições na zaga.Só que para a imprensa e os torcedores, o que mais chamou a atenção foram substituições. Sempre efetivas e pontuais. As mais comuns ao longo do torneio foram as entradas de Dudu e Negueba. Rápidos e habilidosos, eles partiam para cima dos zagueiros, incendiavam o jogo e a torcida vibrava. O primeiro marcou três gols e o segundo protagonizou lances de pura genialidade. Isso tudo levantou a seguinte pergunta na imprensa: por que eles não são titulares?
– Nós temos um grupo de jogadores e em cima deles devemos montar nossa estratégia de jogo. Quem acompanhou o Brasil reparou que eu entro com um time de mais força física, e no segundo tempo, com o adversário mais desgastado fisicamente, deixo a equipe mais leve em campo e com futebol mais rápido – explicou Ney Franco em quase todas as coletivas pós-jogo da fase final do Mundial.

Deu certo. Literalmente. Foi com essa estratégia, repetida em todas as partidas do Mundial Sub-20, que a Seleção conquistou o pentacampeonato. Contra Portugal, na final, mais uma vez Ney Franco repetiu sua estrutura de jogo. Allan, Negueba e Dudu entraram no segundo tempo, mudaram o panorama da partida e o Brasil foi campeão.
Fonte: CBF –   Foto: Rafael Ribeiro

Antonio Bento
Analista de Redes de Computadores , Pos-Graduado em Segurança de Redes de Computadores , Pos-Graduado Tecnologias Para Aplicações Web. Trabalha deste 2008 com Aplicações web em desenvolvimentos nas linguagem (php, Python, Ruby Rais) Conhecimento Avançando em banco sql Nosql.
http://stice.info

Deixe uma resposta