Reaberto Programa de Voluntários da Copa do Mundo de 2014

Evento em Cuiabá abriu a nova janela de inscrições do Programa de Voluntários terá duração inicial de 15 dias podendo ser estendida por mais 15, e qualquer pessoa com mais de 18 anos pode participar; saiba como


Quem quiser fazer parte do time da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 ganhou uma nova chance a partir desta segunda-feira (9/9), com a reabertura do Programa de Voluntários da Copa do Mundo da FIFA Brasil2014. Um evento no Palácio Paiaguás, sede do governo do Estado do Mato Grosso, em Cuiabá – uma das 12 sedes da competição –, marcou a reabertura oficial do programa.

Entre os convidados estavam o governador do Mato Grosso, Silval Barbosa; o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes; o gerente de voluntários do Comitê Organizador Local (COL), Rodrigo Hermida; o coordenador do Programa BrasilVoluntário, do Governo Federal, e representante do Ministério do Esporte, Ricardo Cappelli; além de André Luis Sousa, cuiabano que trabalhou como voluntário na Copa das Confederações da FIFA e estará na Copa do Mundo da FIFA, e de Igor Mota, capitão do Cuiabá Arsenal e da seleção brasileira de futebol americano, representando o esporte mato-grossense.

Após a Copa das Confederações, a nova janela de inscrições do Programa de Voluntários terá duração inicial de 15 dias podendo ser estendida por mais 15. Qualquer pessoa com mais de 18 anos poderá fazer parte do programa. Em 2012, a primeira janela de inscrições teve a participação de mais de 130.719 pessoas, sendo 127.629 para a Copa do Mundo da FIFA. A inscrição acontece neste endereço. Saiba como.

“O objetivo agora, mais do que aumentar este número, é ter voluntários com diferentes perfis, que falem outros idiomas, portadores de necessidades especiais, idosos e moradores do interior do país. O Programa de Voluntários da Copa do Mundo da FIFA 2014 busca um crescimento da cultura de voluntariado no país e promover um maior envolvimento da população brasileira com o evento, daquele jeito e com aquele carinho tipicamente brasileiro”, afirmou Rodrigo Hermida.

MARACANÃ – A torcida  do Brasil mostra seu entusiasmo pela Canarinho na Copa das Confederações 2013  antes da partida final entre Brasil e Espanha , em 30 de junho de 2013, nm Rio de Janeiro, vencida pelos brasileiros pro 3 x 0

“Além disso, recebemos vários pedidos do exterior para que reabrissemos o programa e também esperamos atingir um número ainda maior de candidatos estrangeiros”, disse Hermida.

O governador do Mato Grosso, Silval Barbosa, fez uma brincadeira lembrando que seu estado é o maior produtor doBrasil em várias áreas da agricultura e da pecuária, e que agora busca também ser o primeiro entre os voluntários.

“Nós que já somos os maiores produtores de tudo queremos também contribuir com um número significativo de voluntários, para mostrar um povo que faz diferença e que está envolvido na realização deste grande evento. É um orgulho para nós receber aqui vocês que estão contribuindo para o maior evento que o Brasil vai ter”, disse o governador mato-grossense.

O prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, citou a experiência do voluntariado como um importante legado que a Copa do Mundo da FIFA 2014 deixará na sua cidade, no Mato Grosso e no Brasil.

“Talvez estejamos falando de um grande legado que muitas pessoas não tenham percebido: as transformações culturais, que vão muito além das importantes obras. O voluntariado é uma ação fundamental e fará com que as pessoas tenham contato com o cabedal de conhecimento que é fazer o maior evento do esporte mundial”, disse Mauro Mendes.

Brasileiro atleta de futebol americano quer ser voluntário

Representando os voluntários, o técnico de informática André Luís Sousa falou sobre a experiência que teve trabalhando em Brasília durante a Copa das Confederações da FIFA 2013 e sobre a expectativa em poder participar da Copa do Mundo da FIFA em sua cidade natal no ano que vem.

“Eu me escrevi para ser voluntário em Cuiabá e pensei em ter uma prévia na Copa das Confederações. Foi muito interessante, uma experiência muito importante para mim, no contato com outas pessoas de diferentes culturas e também pelo lado profissional. Agora quero participar para fazer com que as pessoas levem a melhor impressão do nosso estado, do povo cuiabano e da nossa organização”, afirmou André Luís.

Coordenador do programa Brasil Voluntário, do Governo Federal, e representando o Ministério do Esporte, Ricardo Capelli, destacou a importância do voluntariado.

“A responsabilidade do voluntário é muito grande, então nós temos que não só que agradecer como cuidar bem deles. São eles que vão naquele primeiro contato com as pessoas que estarão em torno do evento representar a imagem que muitos vão levar do nosso país. É um papel fundamental”, disse Capelli.

Capitão da seleção brasileira de futebol americano e do Cuiabá Arsenal, bicampeão brasileiro do esporte que se torna cada vez mais popular no Mato Grosso, Igor Mota destacou a importância da construção da Copa do Mundo da FIFA para o desenvolvimento do esporte e a chegada de grandes eventos em Cuiabá.

“Para qualquer esporte ter uma estrutura como essa que a Copa do Mundo está trazendo para o Brasil e principalmente para o nosso estado e a nossa cidade . Vai causar um grande impacto e o crescimento para vários esportes e aumentar a visibilidade deles”, disse Igor Mota, que anunciou que também irá se candidatar a uma vaga como voluntário da Copa do Mundo da FIFA 2014.

Fonte: FIFA.com
Edição: Ramon Paixão

editor chefe do Jornal Escanteio
Antonio Bento
Analista de Redes de Computadores , Pos-Graduado em Segurança de Redes de Computadores , Pos-Graduado Tecnologias Para Aplicações Web. Trabalha deste 2008 com Aplicações web em desenvolvimentos nas linguagem (php, Python, Ruby Rais) Conhecimento Avançando em banco sql Nosql.
http://stice.info

Deixe uma resposta