Roberto Cláudio promete derrubar reajuste de passagem e unir Fortaleza

O prefeito de Fortaleza Roberto Claudio afirmou após a posse na noite desta terça-feira (1º/01) na Câmara Municipal  que vai usar todas as alternativas para que o aumento da passagem de transporte coletivo não se concretize. Segundo ele, a prefeitura pode até recorrer judicialmente contra o aumento determinado em decreto pela antiga gestão, assinado em 21 de dezembro.”Reafirmo o meu compromisso com o bilhete único e com a manutenção do preço da passagem”, declarou Roberto Cláudio.

Claudio e o vice, Gaudêncio Lucena, foram empossados no plenário Fausto Arruda, da Câmara. Os dois realizaram juramento e assinaram livro, após a posse  dos vereadores e eleição da mesa diretora da Câmara Municipal. No discurso de posse Roberto Cláudio destacou: “Minha primeira tarefa é unir Fortaleza e assim vou fazê-lo. Eu os convoco para juntos renovarmos Fortaleza, transformando nossa cidade em um lugar mais justo, mais fraterno e melhor de se viver. Venho somar minha esperança à esperança de todos os outros. Fui eleito pelo sentimento de renovação que domina a alma do povo de Fortaleza e sei da enorme responsabilidade”.
Decreto de 21 de dezembro publicado no Diário Oficial do Município de 24 de dezembro alterou preço do bilhete para R$ 2,20. A meia passagem para os estudantes passa a ser de R$ 1,10 e as tarifas sociais instituídas pelo decreto n° 12.107, de 2006 sobem para R$ 1,60 (inteira), R$ 0,80 (meia). As tarifas sociais valem aos domingos, no dia 31 de abril, aniversário de Fortaleza, e em 1º de janeiro. Para a tarifa da hora social, fora dos horários de pico, os valores passam a ser R$ 2,00 (inteira) e R$ 1,00 (meia). Na linha central, o valor permanece R$ 0,40 (inteira) e R$ 0,20 (meia), segundo o decreto. No último mês de 2012, foram três decisões diferentes sobre o preço do bilhete
A Câmara Municipal de Fortaleza empossou, na noite desta terça-feira, 1º, o novo prefeito da cidade, Roberto Cláudio (PSB), e seu vice, Gaudêncio Lucena (PMDB). A solenidade ocorreu no plenário Fausto Arruda, após a posse dos 43 vereadores e da eleição da Mesa Diretora para o biênio 2013-2014.Em um primeiro momento, Roberto Cláudio fez o juramento, que caracteriza seu compromisso com o povo de Fortaleza. Após a leitura dos bens declarados pelo prefeito, houve a assinatura do termo de posse e seu primeiro pronunciamento como mandatário da Cidade.
 “Minha primeira tarefa é unir Fortaleza e assim vou fazê-lo. Eu os convoco para juntos renovarmos Fortaleza, transformando nossa cidade em um lugar mais justo, mais fraterno e melhor de se viver. Venho somar minha esperança à esperança de todos os outros. Fui eleito pelo sentimento de renovação que domina a alma do povo de Fortaleza e sei da enorme responsabilidade”.
 Na ocasião, Roberto Cláudio assegurou o compromisso com as promessas feitas durante a campanha eleitoral, destacando seu empenho na área da saúde, da educação, do transporte público [citando a implementação do bilhete único] e com as obras de mobilidade com relação a Copa da Confederações e a Copa do Mundo. O prefeito ressaltou ainda que pretende reduzir a grave desigualdade existente na capital cearense.
 “É hora de fazer nascer uma nova Fortaleza, capaz de se reconstruir. Eu, o vice prefeito e os novos secretários inauguraremos uma nova atitude, andaremos pela cidade, acompanharemos atentos as necessidades do cidadão, estaremos aberto as críticas e sugestões. Enfim, queremos que a cidade e os cidadãos tragam vida ao Paço Municipal”.
 Roberto Cláudio anunciou que contará com o apoio irrestrito do Governo do Estado e desejou sucesso à todos os vereadores eleitos, assegurando que compartilhará ideias e projetos com a Casa Legislativa.
 O prefeito aproveitou o momento para agradecer à Deus, seus pais, sua esposa, suas filhas, irmãos e cunhados. Além disso, lembrou o apoio de seu partido, PSB, de Ciro Gomes, dos partidos coligados, apoiadores e do povo de Fortaleza. “Graças a livre manifestação e desejo soberano de nosso povo teremos a obrigação de governar com respeito, humildade e trabalho”.
 Para concluir, Roberto Cláudio anunciou que sua “missão é fazer com que as prioridades do povo sejam as prioridades da Cidade. Chegou o tempo de crescer e florescer, chegou o momento de ter a coragem de ousar”.
 A solenidade foi encerrada com o Hino de Fortaleza. Compuseram a mesa o vice-governador do Estado, Domingos Filho; os senadores Eunício Oliveira e Inácio Arruda; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Sarto Nogueira; deputado federal Mauro Benevides/ o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Ademar Mendes Bezerra; o presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, Luiz Gerardo de Pontes Brígido e o presidente do Tribunal de Contas do Município, Manoel Veras.
 Após a solenidade na Casa, o prefeito se dirigiu ao Paço Municipal, onde recebeu a faixa das mãos da ex-prefeita, Luizianne Lins. Em seguida, participou de uma missa na Catedral Metropolitana de Fortaleza.

Luizianne Lins transmite cargo

A ex-prefeita de Fortaleza Luizianne Lins (PT) transmitiu o cargo ao prefeito Roberto Claudio (PSB) na noite de desta terça-feira (1º), no Paço Municipal, sede da prefeitura de Fortaleza. No último discurso como prefeita, Luizianne Lins afirmou que iria percorrer “a nova Fortaleza” como “cidadã comum”. “Estou deixando Fortaleza mais bela, mais humana e mais justa”, disse.Luizianne disse ainda que entrega a prefeitura sem dívidas e com R$ 500 mil em recursos captados. Em seguida, ela foi acompanhada pelo prefeito Roberto Claudio até o carro particular dela, de onde iria ao aeroporto Pinto Martins, de onde viaja para o Rio de Janeiro.
No primeiro discurso como prefeito de Fortaleza, após tomar posse na Câmara Municipal, Roberto Claudio fez críticas ao sistema de saúde e educação públicas, afirmando ser um desafio melhorar os setores. “Chegou a hora de pensar na cidade, na sobrevivência das pessoas que vivem no Bom Jardim, nos bairros mais distantes, que precisam de infraestrutura básica”, afirmou.Em seguida, ele reconheceu avanços nas gestões passadas. “Não serei ingrato, Fortaleza foi construída com erros e acertos de homens e mulheres que construíram a história da cidade”, completou.



Walter Cavalcante é eleito presidente da Câmara
A Câmara Municipal de Fortaleza elegeu nesta terça-feira, 1º de janeiro, a Mesa Diretora da Casa para conduzir os trabalhos do Legislativo nos próximos dois anos. Com 36 votos, o vereador Walter Cavalcante (PMDB) foi eleito para a presidência do Legislativo, tendo concorrido com os vereadores Deodato Ramalho (PT), que recebeu quatro votos, e João Alfredo (PSOL), com dois votos. Uma ausência foi registrada, no caso a do vereador Carlos Mesquita (PMDB). Para os demais cargos da Mesa Diretora foram eleitos o 1º vice-presidente José do Carmo (PSL), o 2º vice-presidente Adail Júnior (PV), o 1º secretário Elpídio Nogueira (PSB), o 2º secretário Wellington Saboia (PSC), todos com 40 votos sim e duas abstenções, o 3 º secretário Antônio Henrique (PTN), com 39 votos favoráveis e três abstenções.

No primeiro discurso como presidente do Poder Legislativo, Walter Cavalcante destacou o seu compromisso com a cidade e com a gestão do prefeito Roberto Cláudio. “Vou apoiar todas as ações do prefeito que ajudei à eleger”, salientou. O parlamentar evidenciou as metas para de sua gestão, que dentre elas estão a criação de uma comissão permanente de negociação e a implantação do Escritório de Direitos Humanos da Câmara.
Walter Cavalcante, agradecendo o apoio da maioria dos vereadores que compõe à Casa do Povo, disse que dará continuidade as ações iniciadas pelas gestões anteriores. O peemedebista relatou ainda a responsabilidade que assume ao presidir o Legislativo, trabalhando em prol dos 43 vereadores eleitos pelo povo. “Espero que os 43 vereadores tenham a sua estrela, e se eu pecar será por excesso de zelo e não por omissão”, ponderou.
Votação de Presidente da Mesa Diretora
Vereador Walter Cavalcante (36 votos): Vereadores Adail Júnior (PV), A Onde É (PTC), Adelmo Martins (PR), Alípio Rodrigues (PTN), Antônio Henrique (PTN), Bá (PTC), Benigno Júnior (PSC), Capitão Wagner (PR), Carlos Dutra (PSDB), Casimiro Neto (PP), Cláudia Gomes (PTC), Didi Mangueira (PDT), Elpídio Nogueira (PSB), Evaldo Lima (PCdoB), Eulógio Neto (PSC), Fábio Braga (PTN), Germana Soares (PHS), Gelson Ferraz (PTB), Iraguassú Teixeira (PDT), Joaquim Rocha (PV), Jonh Monteiro (PTdoB), José do Carmo (PSL), Leda Moreira (PSL), Leonelzinho Alencar (PTdoB), Magaly Marques (PMDB), Mairton Félix (DEM), Márcio Cruz (PR), Marcos Aurélio (PSC), Paulo Diogénes (PSD), Salmito Filho (PSB), Tamara Holanda (PSDC), Vaidon Oliveira (PSDC), Vitor Valim (PMDB), Walter Cavalcante (PMDB), Wellington Sabóia (PSC) e Zier Férrer (PMN).
Vereador Deodato Ramalho (4 votos): Vereadores Acrísio Sena (PT), Deodato Ramalho, Guilherme Sampaio (PT) e Ronivaldo Maia (PT). Vereador João Alfredo (2 votos): Vereadora Toinha Rocha (PSOL) e vereador João Alfredo

Vereadores tomam posse

Com o auditório Ademar Arruda lotado por familiares, amigos e pela população de Fortaleza, a Câmara Municipal de Fortaleza realizou a sessão de posse dos vereadores eleitos em Fortaleza para a legislatura de 2013 a 2016, na tarde desta terça-feira, 1° de janeiro. A sessão foi presidida pelo vereador Capitão Wagner (PR), por ter sido o parlamentar mais votado nas últimas eleições. Ele destacou a importância do compromisso com o mandato de vereador.
Para Wagner, a população permitiu que grande parte do parlamento tivesse uma nova chance e que a outra parcela fosse renovada. “Agradeço a todos que colaboraram para eu estar aqui. Temos a oportunidade de em quatro anos melhorar a vida de todos os fortalezenses. Queria pedir a população que acompanhe o mandato de seus representantes, fiscalizando e opinando quando necessário”, disse o novo vereador.
Seguindo o ritual da solenidade, os vereadores eleitos fizeram o juramento e assinaram o ato da posse. Foram eles: Acrísio Sena (PT); A Onde É (PTC); Adail Júnior (PV); Adelmo Martins (PR); Alípio Rodrigues (PTN); Antônio Henrique (PTN); Ba (PTC); Benigno Júnior (PSC); Capitão Wágner (PR); Carlos Dutra (PSDB); Carlos Mesquita (PMDB); Casimiro Neto (PP); Cláudia Gomes (PTC); Deodato Ramalho (PT); Didi Mangueira (PT); Elpídio Nogueira (PSB); Magaly Marques (PMDB); Eulógio Neto (PSC); Fábio Braga (PTN); Gelson Ferraz (PRB); Germana Soares (PHS); Guilherme Sampaio (PT); Iraguassú Teixeira (PDT); João Alfredo (PSOL); Joaquim Rocha (PV); John Monteiro (PtdoB); José do Carmo (PSL); Leda Moreira (PSL); Leonelzinho (PtdoB); Mairton Félix (DEM); Márcio Cruz (PR); Marcos Aurélio (PSC); Paulo Diógenes (PSD); Evaldo Lima (PCdoB); Ronivaldo Maia (PT); Salmito Filho (PT); Tamara Holanda (PSDC); Toinha Rocha (PSOL); Vaidon (PSDC); Vitor Valim (PMDB); Walter Cavalcante (PMDB); Wellington Sabóia (PSC) e Zier Férrer (PMN).
Fontes: CMFOr – G1
Fotos: André Lima e Genilson de  Lima
Edição; Ramon paixão editor chefe do Jornal Escanteio
Antonio Bento
Analista de Redes de Computadores , Pos-Graduado em Segurança de Redes de Computadores , Pos-Graduado Tecnologias Para Aplicações Web. Trabalha deste 2008 com Aplicações web em desenvolvimentos nas linguagem (php, Python, Ruby Rais) Conhecimento Avançando em banco sql Nosql.
http://stice.info

Deixe uma resposta