Sub-17 visita "metade" do mundo antes da revanche com Paraguai

Um dos principais pontos turísticos do Equador e do mundo, “la mitad del mundo” é o local onde está a linha que divide os hemisférios sul e norte. Depois da vitória sobre o Equador, no último domingo, a delegação da Seleção Brasileira  Sub-17 aproveitou para fazer o passeio cultural nesta segunda-feira.

Animados pela conquista da vaga no Mundial 2011, no México, os jogadores aproveitaram para tirar fotos e conhecer um pouco da história do Equador. No local, além do monumento “a metade do mundo”, há um museu que mostra bastante da cultura do país.
Nas lojinhas espalhadas pelo centro turístico, boa parte da delegação comprou presentes para levar para os parentes. A famosa “lembrancinha”.
– O passeio foi muito bom, o lugar era lindo e ajuda a dar uma distraída. Mas agora a folga acabou e temos que nos concentrar para outro objetivo, o título – disse o capitão Marquinhos quando voltou para o hotel.
REVANCHE– A equipe Sub-17 treinou para enfrentar  o Paraguai, única equipe que venceu o Brasil no Sul-Americano. O treino desta terça-feira, no CT do Independiente, casa do Brasil em Quito, foi debaixo de chuva. Nada que atrapalhasse a equipe que se preparou para enfrentar o Paraguai, nesta quarta-feira, às 20h10 (22h10 de Brasília), pela penúltima rodada do hexagonal final do Sul-Americano Sub-17.Durante a atividade o técnico Emerson Ávila comandou um treino técnico-tático. Uma espécie de coletivo, em campo reduzido, mas com uma série de interrupções para orientação de posicionamento e repetição de bolas paradas.Alguns jogadores ainda treinaram bolas paradas por cerca de meia hora antes de acabar a atividade.
Líder do hegonal final, o Brasil enfrenta o Paraguai na última partida da noite desta quarta-feira. Antes tem Argentina x Equador e Uruguai x Colômbia.

Antonio Bento
Analista de Redes de Computadores , Pos-Graduado em Segurança de Redes de Computadores , Pos-Graduado Tecnologias Para Aplicações Web. Trabalha deste 2008 com Aplicações web em desenvolvimentos nas linguagem (php, Python, Ruby Rais) Conhecimento Avançando em banco sql Nosql.
http://stice.info

Deixe uma resposta