Uruguai bate Mexico e enfrenta Argentina

O Uruguai desencantou e finalmente venceu na Copa América. Na noite desta terça-feira, em La Plata, a Celeste bateu o México por 1 a 0, gol de Álvaro Pereira(foto – comemorando), e avançou às quartas de final em segundo lugar no Grupo C. O desafio agora será contra a anfitriã Argentina, no sábado, em Santa Fé.O jogo foi especial para o atacante Diego Forlán, que completou 79 partidas pela seleção uruguaia e igualou o recorde do ex-goleiro Rodolfo Rodríguez. O jogador participou do lance do gol, mas não conseguiu deixar sua marca, mesmo após insistentes tentativas. Na melhor chance, a bola bateu na trave. O Grupo C termina com o Chile em primeiro lugar, com sete pontos, dois a mais que o vice-líder Uruguai. O Peru, que ficou com quatro pontos, garantiu sua vaga como um dos dois melhores terceiros colocados. Já os mexicanos, que disputaram o torneio com um time de garotos, não pontuou e teve de amargar a lanterna.

O jogo – Pressionado após dois empates frustrantes, o favorito Uruguai conseguiu abrir o placar com certa rapidez. Aos 14 minutos, Forlán cobrou falta pela direita, a bola foi desviada na área e o goleiro Luis Michel não conseguiu segurar. Álvaro Pereira aproveitou o presente e estufou as redes, tranquilizando o time comandado por Oscar Tabárez.
Sem muitas pretensões, já que tinha remotas chances de classificação, o México esboçava a reação em jogadas esporádicas. Aos 24 minutos, Giovani dos Santos avançou pela esquerda com certa liberdade e bateu cruzado, exigindo boa intervenção do goleiro Muslera.
Apesar desses sustos, o Uruguai seguia melhor. Forlán teve sua primeira boa oportunidade aos 30 minutos, quando chutou na trave. Cinco minutos depois, quem assustou foi Suárez, que exigiu boa defesa de Michel.
O jogo mudou pouco no segundo tempo e o Uruguai continuou criando oportunidades: aos 17 minutos, Forlán recebeu de Suárez pelo meio e bateu por cima da meta. Aos 21, ele devolveu o presente e Suárez bateu para fora, muito perto do gol. No lance seguinte, mais Forlán, mas desta vez quem salvou foi Michel. Aos 31, Lodeiro, que entrou no lugar de Álvaro González, também carimbou o poste.
De tanto perder gols, o Uruguai tomou um susto aos 34 minutos. Após cobrança de falta de Pacheco pela esquerda, Enríquez desviou de cabeça no primeiro pau e Lugo completou para o gol – a arbitragem, entretanto, marcou impedimento.
Foi a última tentativa perigosa do México. Oscar Tabárez ainda se deu ao luxo de trocar Forlán por Loco Abreu para que o titular fosse efusivamente aplaudido pelos torcedores aos 44 minutos do segundo tempo.

Fonte; FIFA.com – Fotos: Olé

Antonio Bento
Analista de Redes de Computadores , Pos-Graduado em Segurança de Redes de Computadores , Pos-Graduado Tecnologias Para Aplicações Web. Trabalha deste 2008 com Aplicações web em desenvolvimentos nas linguagem (php, Python, Ruby Rais) Conhecimento Avançando em banco sql Nosql.
http://stice.info

Deixe uma resposta